RESVERATROL E SEUS DERIVADOS NO TRATAMENTO DE DOENÇAS NEURODEGENERATIVAS

Paolo Ruggero Errante

Resumo


Introdução: As doenças neurodegenerativas são caracterizadas pela perda progressiva de neurônios em diferentes regiões do sistema nervoso, sendo a doença de Alzheimer e de Parkinson as mais prevalentes em todo o mundo. Apesar desta alta prevalência, não existem medicamentos modificadores da doença eficazes para o tratamento dessas condições. Devido à necessidade de desenvolvimento de novos tratamentos para doenças neurodegenerativas, tem se investigado as ações de moléculas que ocorrem naturalmente, como o resveratrol. Método: A revisão foi realizada por base de dados bibliográficos obtidos através da pesquisa em LILACS, MEDLINE e PubMed. Resultados: O resveratrol é um estilbeno encontrado em diferentes tipos de plantas, e possui efeito neuroprotetor in vitro e in vivo em diferentes modelos experimentais. Contudo, sua aplicação clínica em seres humanos é limitada em função de sua baixa solubilidade e biodisponibilidade. Conclusão: Para contornar este problema, mudanças estruturais na molécula do resveratrol como derivados hidroxilados; aminados / amidados / iminados; metoxilados; prenilados e glicosilados foram criados para o aumento da sua biodisponibilidade e atividade farmacológica.

RESVERATROL AND ITS DERIVATIVES IN THE TREATMENT OF NEURODEGENERATIVE DISEASES

Introduction: Neurodegenerative diseases are characterized by progressive loss of neurons in different regions of the nervous system, with Alzheimer's and Parkinson's disease being the most prevalent worldwide. Despite this high prevalence, there are no effective disease-modifying drugs for treatment of these conditions. Due to the need to develop new treatments for neurodegenerative diseases, the actions of naturally occurring molecules, such as resveratrol, have been investigated. Method: The review was performed by bibliographic database obtained through the research in LILACS, MEDLINE and PubMed. Results: Resveratrol is a stilbene found in different types of plants, and has a neuroprotective effect in vitro and in vivo in different experimental models. However, its clinical application in humans is limited due to its low solubility and bioavailability. Conclusion: To circumvent this problem, structural changes in the resveratrol molecule as hydroxylated derivatives; aminated / amidated / iminated; methoxylates; prenylated and glycosylated products were created to increase their bioavailability and pharmacological activity.


Palavras-chave


resveratrol; derivados do resveratrol; neurodegeneração; doença de alzheimer; doença de parkinson

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 30 de novembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.