BIORREMEDIAÇÃO: MECANISMOS DE RESISTÊNCIA BACTERIANA FRENTE AO ÍON METÁLICO MERCÚRIO

Thatiane Duarte Rosa, Gabriel Rodrigues Silva, Cleide Barbieri de Souza

Resumo


A água consiste em um recurso natural finito essencial à vida de todos os seres vivos. A sua contaminação é uma preocupação constante, principalmente relacionada aos metais pesados, caso do mercúrio de origem antrópica, advindo de setores como mineração, indústrias químicas e metalúrgicas, podendo ser subproduto de determinados procedimentos. Considerando sua toxicidade, o mercúrio lançado nas águas gera malefícios tanto aos organismos aquáticos quanto aqueles que se utilizam do meio hídrico, mesmo que indiretamente. Conforme os microrganismos evoluíram, foram se adaptando para sua sobrevivência na presença destes íons, explicando assim seu potencial para utilização no processo da biorremediação. Foi desenvolvida uma revisão da literatura cujo objetivo é baseado nos mecanismos de resistência bacteriana frente ao mercúrio, citando breve correlação entre estes e a resistência a antibióticos, os resultados indicam que a biorremediação é aplicável ao meio ambiente, comparada a outras metodologias com relação a custo-benefício e manutenção do ambiente.

BIOREMEDIATION: MECHANISMS OF BACTERIAL RESISTANCE AGAINST THE METAL ION MERCURY

Water is a finite natural resource essential to the life of all living beings. Its contamination is a constant concern, mainly related to heavy metals, such as mercury of anthropic origin, arising from sectors such as mining, chemical and metallurgical industries, which can be a by-product of certain procedures. Considering its toxicity, the mercury released into the waters causes harm to both aquatic organisms and those that indirectly use the water environment. As the microorganisms evolved, they adapted to their survival in the presence of these ions, thus explaining their potential for use in the bioremediation process. A literature review was developed whose objective is based on the mechanisms of bacterial resistance against mercury, citing a brief correlation between these and resistance to antibiotics, the results indicate that bioremediation is applicable to the environment, compared to other methodologies considering cost. -benefit and maintenance of the environment.


Palavras-chave


bactérias; biotecnologia ambiental; biorremediação; mercúrio

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 30 de novembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.