O ACÚMULO DE ALUMÍNIO NO ORGANISMO COMO FATOR DE RISCO PARA DEMÊNCIA

Rubens Moura de Campos Zeron, Lucas Ken Itsi Ono de Camargo, Marizia Amaral Toma

Resumo


O objetivo deste estudo foi avaliar se o aumento da concentração de alumínio (Al) no cabelo de idosos possui uma relação direta com a piora no quadro de demência. Trata-se de um estudo transversal, onde foram avaliados 50 idosos por meio do teste Miniexame do estado mental (MEEM) para avaliar o grau demência e a coleta de um tufo de cabelo para análise das concentrações de alumínio. Após os testes os idosos foram separados em dois grupos baseado na pontuação do MEEM: grupo demência (GD, n=30) e grupo não demência (GND, n=13). Para análise dos dados, foi utilizado o Teste de Correlação de Pearson para as variáveis alumínio e demência, e o Teste T não pareado para avaliar a média da idade entre os grupos. Verificou-se uma correlação positiva forte (r= 0,86) entre a concentração do Al e a pontuação do MEEM. Sugerimos que a concentração crescente de Al no cabelo dos idosos está relacionada com o risco de demência e que testes mais simples e econômicos podem evidenciar essa relação.

THE ACCUMULATION OF ALUMINIUM IN THE BODY AS A RISK FACTOR FOR DEMENTIA

This study aimed to evaluate whether the increase in the concentration of aluminium (Al) in the hair of the elderly has a direct relationship with the severity of dementia. This is a cross-sectional study, in which 50 elderly people were evaluated by the mini-mental state exam (MMSE) to assess the degree of dementia and collect a tuft of hair for analysis of applied aluminium. After testing the elderly, they were separated into two groups based on the MMSE score: dementia group (GD, n = 30) and non-dementia group (GND, n = 13). For data analysis, Pearson's Correlation Test was used for variations of aluminum and dementia and the unpaired T-Test was used to assess the mean age between the groups. There was a strong positive correlation (r = 0.86) between the Al concentration and the MMSE score. We suggest that the increasing concentration of Al in the hair is available at risk of dementia and that simpler and more economical tests may show this relationship.


Palavras-chave


alumínio; demência; doença de alzheimer

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 30 de novembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.