PÓS VENDA COMO DIFERENCIAL COMPETITIVO NO SETOR DE TRANSPORTES DE CARGAS DO MODAL RODOVIÁRIO

Filippo Lima Zacharias, Flavio Caraccio

Resumo


Atualmente a concorrência do mercado na grande maioria dos seguimentos está muito acirrada, as marcas estão muito parecidas em suas competências, a partir disso é importante que os gestores tenham a sensibilidade de pensar na melhor maneira de satisfazer o cliente de forma diferente, pensando em cada um deles de forma única, porém trançando objetivos bem claros aonde deseja que a empresa chegue. Para se destacar entre as concorrentes é bastante necessário desenvolver um diferencial competitivo, algo único que será decisivo no momento das compras dos clientes. Esse diferencial será planejado entre os gestores da empresa para ser percebido de forma positiva entre os clientes e, além disso, o planejamento deve determinar o posicionamento da organização.  Para alcançar os objetivos é importante conhecer a empresa em seus detalhes, o administrador deve conhecer sobre o processo de venda da sua organização, devem-se treinar os funcionários, mostrar a eles a importância do atendimento e pensar no processo como um todo, nos seus três pontos principais, pré venda, venda propriamente dita e o pós venda. Esse terceiro passo é em muitas vezes, onde as empresas perdem oportunidade de fidelizar o cliente, é nessa parte que o cliente lembrara-se da marca ou empresa após a compra ter sido realizada. Quando se fala da venda de serviços, além do dever de fornecer um serviço de excelente qualidade a empresa deve desenvolver maneiras de não ser esquecida. Um exemplo de serviço que pode usar o pós venda como diferencial é o transporte no modal rodoviário.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 30 de junho
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 30 de setembro
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 31 de dezembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.