Prevalência da hipertensão arterial e perfil de saúde em uma amostra da Feira de Saúde do Centro Universitário Lusíada

Moysés Américo Ulhôa-Quitão, Dionize Montanha, F O A Lima, C C Rosa, Fernando Kauffmann Barbosa

Resumo


A hipertensão arterial sistêmica representa um sério problema de saúde pública no mundo. O objetivo do estudo foi verificar a prevalência e os fatores associados à hipertensão arterial na população atendida na Feira da Saúde, evento realizado anualmente pela Fundação Lusíada na cidade de Santos – São Paulo. Trata-se de um estudo transversal com amostra composta por 669 pessoas. A categoria hipertensão foi considerada variável dependente e as demais variáveis, independentes. Foi realizado um teste de associação qui-quadrado com intervalo de confiança de 95%. A prevalência da hipertensão arterial sistêmica foi de 9% e a obesidade foi a doença que apresentou associação à hipertensão arterial sistêmica. É necessário intervenções educativas que melhorem o estilo de vida da população como: atividade física, redução do peso, interrupção do fumo, entre outros é possível controlar e prevenir complicações da HAS.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 30 de novembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.