Reconhecendo Micobactérias Atípicas Não Tuberculosas

Daniela Kerner, Fabiana Higino, Fernanda Ayres, Natália Melo, Maria da Silva, Bruna Coronato, Elizete Antônio

Resumo


O trabalho mostra como as micobactérias átipas não tuberculosas são reconhecidas no meio ambiente, que existe tratamento para essa doença mesmo não sendo tão comum quanto à tuberculose, por isso que deve ser estudado para que haja um conhecido maior porque pode ser facilmente confundida com a tuberculose no diagnóstico, e para que isso não ocorra os laboratórios devem ser especializados na diferenciação da TB com a MNT. E quanto antes obter o resultado, o tratamento será efetivo com mais qualidade.  Apresentamos alguns tipos de micobacterias mais comuns. Iremos pesquisar sobre seu crescimento no meio ambiente, pois é onde se habitam. O diagnóstico tanto no momento da cultura até o resultado final, tratamento e seus cuidados, e alguns casos de surtos hospitalares que aconteceram no Brasil causado por essas micobactérias.

Palavras chave: micobactérias, micobacteriose, micobactérias atípicas.


Texto completo:

PDF

Referências


ANTUNES, Ana et al. “Micobacterioses não-tuberculosas-das manifestações clínicas ao tratamento”. 2012. Disponível em: . Acesso em: 6/5/2015

BOMBARDA, Sidney et al. “Recomendações para o diagnóstico e tratamento das micobacterioses não tuberculosas no estado de São Paulo”. 2008. Disponível em: . Acesso em: 26/6/2015.

BARRETO, Angela Maria Werneck; CAMPOS, Carlos Eduardo Dias. “Micobactérias “não tuberculosas” no Brasil”. 2000. Disponível em: . Acesso em: 22/8/2015.

CAMPOS, Hisbello S.. “Manejo de doença micobacteriana não tuberculosa”. 2000. Disponível em: . Acesso em: 5/5/2015.

EMMERICK, Leandro Santiago. “Micobactérias não tuberculosas isoladas da Mata Atlântica: aspectos genéticos, bioquímicos e identificação de antígenos compartilhados com a vacina BCG”. 2013. Disponível em: . Acesso em: 2/8/2015.

HADAD, David Jamil et al. “Micobacterioses: recomendações para o diagnóstico e tratamento”. 2005. Disponível em: . Acesso em: 2/5/2015.

PENNA, Gerson Oliveira; Filho, Agnelo Santos Queiroz. “Infecções por micobactérias de crescimento rápido: fluxo de notificações, diagnósticos clínicos, microbiológico e tratamento”. 2009. Disponível em: . Acesso em: 5/7/2015.

Secretaria de Vigilância em Saúde. “Manual Nacional de Vigilância Laboratorial da Tuberculose e outras Micobactérias”. 2008. Disponível em: . Acesso em: 15/9/2015


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 30 de junho
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 30 de setembro
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 31 de dezembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.