AVALIAÇÃO DA CONSULTA MÉDICA SOB O OLHAR DO PACIENTE: HOSPITAL GUILHERME ÁLVARO.

Maria Aparecida Santos, Elaine Bestane Bartolo, Gabriela Leite Borges, Laís Monteiro Vazami, Lígia Ferrauche Smolka, Lisandra Gonzalez Nova, Michele Baziotti Man, Letícia Harumi Sumita, Jenifer Baccaro Matos, Victória Jardim LOPES, Walesca Silva

Resumo


Introdução:A qualidade de serviços de cuidado à saúde compreende dois domínios: técnico e interpessoal.Os pacientes quase sempre conhecem pouco sobre os aspectos da qualidade técnica, mas em geral, não tem dificuldade de avaliar o lado interpessoal (URDAN, 2001). É um consenso na literatura nacional e internacional que a qualidade da relação médico-paciente favorece o diagnóstico e adesão ao tratamento, e que quando ela não é bem-sucedida o paciente pode ficar mais reticente a confiar no profissional e, assim não dividir informações, muitas vezes, importantes e não seguir suas orientações.Tendo em vista a grande importância dessa relação devido a sua repercussão na saúde e a escassez de pesquisas científicas que abordem o tema, surgiu o interesse em investigar essa relação médico-paciente na visão daqueles que acabaram de passar por um atendimento médico no Hospital Guilherme Álvaro em Santos, já que é um hospital escola.Objetivos:apresentar como foi feita a investigaçãodo grau de satisfação e insatisfação dos pacientes, os aspectospor eles mais valorizados e bem avaliados e os de maior queixa, mostrar como está a qualidade do Hospital Guilherme Álvaro com relação a esse quesito na visão dos pacientes, relatar como foi a experiência de coleta e possíveis sugestões de alterações no questionário e incentivar investigações semelhantes em outros serviços de saúde.Metodologia: foram analisados os questionários fechados respondidos pelos pacientes,levantados os dados mais significativos e colhidas as impressões dos interlocutores, suas facilidades e dificuldades da fase de coleta de dados.Resultados:os resultados iniciais mostraram que a maioria dos pacientes está muito satisfeita com a qualidade do atendimento médico, contrariando inicialmente a hipótese levantada na pesquisa, a de que os pacientes atendidos em consulta na rede pública de saúde têm queixas com relação ao tratamento e atenção que o médico dispensa a eles durante o atendimento.Os resultados apontam que um dos itens do questionário utilizado na coleta de dados foi motivo de dúvida, e, portanto, a sugestão de corrigi-lo ou de baseado fazer uma junção de itens o deixando mais sintético, para facilitar a aplicação em outros serviços de saúde, já que acabou sendo utilizado mais de cinco/dez minutos para coleta, inicialmente previsto.Conclusão: Os médicos que atendem no Hospital Guilherme Álvaro, em sua maioria, conseguem estabelecer uma relação médico-paciente adequada e satisfatória, assim como os residentes e os alunos dos últimos anos do curso de Medicina do UNILUS, o que é bastante relevante e importante, principalmente por ser um hospital escola que repassa conceitos e formas de agir.

 Palavras-chave: qualidade; relação; médico; paciente; saúde.


Texto completo:

PDF

Referências


ABDO, C.H.N. Armadilhas da Comunicação. São Paulo: Editora Lemos, 1996.

MARTIN, C. Perspectivas da relação médico-paciente. Porto Alegre: Artmed, 2011.

VINAGRE, J.F.M. Médicos brasileiros são bem avaliados. CFM – Conselho Federal de Medicina. Ano XXVII. N.204, p6, jan. 2012.

URBAN, A.T. A Qualidade de serviços médicos na perspectiva do cliente. Revista de Administração de Empresas. V.41, n.4, p. 44-55, out/dez/2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 30 de junho
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 30 de setembro
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 31 de dezembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.