Avaliação do nível de conhecimento a respeito do meio de contraste a base de Gadolínio

Thalita Pinheiro Sanches, Homero José de Farias e Melo

Resumo


A administração do contraste à base de gadolínio vem sendo realizada não só no Brasil como também no mundo com um enorme crescimento, pois o fármaco traz uma excelente qualidade nas imagens obtidas por ressonância magnética. O objetivo deste trabalho é avaliar o grau de instrução de profissionais atuantes em ressonância magnética do Estado de São Paulo, Brasil, a respeito dos efeitos adversos dos contrastes a base de gadolínio. MATERIAIS E MÉTODOS: O levantamento de dados foi obtido por aplicação de questionários aos profissionais da área radiológica atuantes em ressonância magnética com embasamento teórico na literatura. RESULTADOS: Os resultados encontrados indicam que os participantes têm um baixo nível de conhecimento a respeito do contraste a base de Gd. CONCLUSÃO: Com este levantamento se concluí a necessidade de uma maior especialização dos profissionais a respeito dos medicamentos (contrastes) a que submetem os pacientes para garantir a segurança e qualidade de exame.


Texto completo:

PDF

Referências


Martins, Tereza S.; Isolani, Paulo Celso. Terras raras: aplicações industriais e biológicas. Quim. Nova (online), vol. 28, n. 1, p. 111-117, 2005.

Morcos, Sameh K. Nephrogenic systemic fibrosis following the administration of extracellular gadolinium based contrast agents: is the stability of the contrast agent molecule an important factor in the pathogeneses of this condition?. British Journal of radiology. Vol.80. p.73-76. 2007.

Marckmann, P.; et al. Nephrogenic systemic fibrosis: suspected causative role of gadodiamide user for contrast-enhanced resonance imaging. J. Am. Soc. Nephrol. Vol.17. p.2359-2362. 2006.

Marckmann, P.; et al. Possibly enhanced Gd excretion in dialysate, but no major clinical nenefit of 3-5 months of treatment with sodium thiosulfate in late stages of nephrogenic systemic fibrosis. Nephrology Dialysis Transplantations. Vol. 23. n.10. 2008.

Mundim, J. S.; et al. Fibrose sistêmica nefrogênica: uma complicação grave do uso do gadolínio em pacientes com insuficiência renal. Rev. Assoc. Med. Bras. Vol.55. n.2. São Paulo. 2009.

Yerram, P.; et al. Nephrogenic systemic fibrosis: a mysterious disease in patients with renal failure – role of gadolinium – based contrast media in causation and the beneficial effect of intravenous sodium thiosulfate. Clin. J. Am. Soc. Nephrol. Vol.2. p.258-263. 2007.

Muglia, F.V. et al. Complicações do uso intravenoso de agentes de contraste à base de gadolínio para ressonância magnética. Radiol. Brás., v. 41, p. 263-267, 2008.

Grobner, Thomas. Gadolinium – a specific trigger for the development of nephrogenic fibrosing dermopathy and nephrogenic systemic fibrosis?. Nephrology Dialysis Transplantations. Vol.21. p.1104-1108. 2006.

Leite, Claudia da Costa. Gadolínio e fibrose nefrogênica sistêmica: o que todo médico deve saber. Radiol. Bras. Vol.40. n.4. São Paulo. 2007.

Thomsen, Henrik S. Nephrogenic systemic fibrosis: a serious late adverse reaction to gadodiamide. Eur. Radiol. Vol. 16. p.2619-2621. 2006.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 30 de junho
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 30 de setembro
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 31 de dezembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.