ANÁLISE COMPARATIVA ENTRE MÉTODOS ELETRÔNICOS DE AVALIAÇÃO DA VITALIDADE FETAL

Mariana Grecco de Araújo, Mayra Souza Diniz, Mariana Amorim, Vinicius Clementino Falcao, Francisco Lazaro Pereira de Sousa

Resumo


Objetivo: Comparação entre métodos eletrônicos de avaliação da vitalidade fetal, em gestantes hipertensas no Hospital de referência. Discussão: As desordens hipertensivas contribui significativamente para a morbimortalidade neonatal. A análise das acelerações do traçado um bom indicador da reserva uteroplacentária. Método: Foi realizada a comparação dos traçados da cardiotocografia convencional e da eletrocardiografia fetal transabdominal com o uso do monitor fetal AN24 (Monica Healthcare), em mulheres com idade gestacional igual ou acima de 34 semanas  diagnosticadas com desordens hipertensivas. Resultados: os métodos eletrônicos se mostraram concordantes no que se refere ao sucesso na captação do sinal, apresentando nível descritivo de 0,067. Conclusão: os métodos aqui avaliados apresentam-se concordantes quanto a sua eficácia. No grupo de pacientes com índice de massa corporal > 30, o Monitor AN24 apresentou maior estabilidade do sinal.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 30 de junho
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 30 de setembro
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 31 de dezembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.