O conhecimento dos professores sobre a influência do mobiliário escolar no aprendizado

Flavia Renata Dantas A S Ciaccia, Manoel Jacinto Abreu Neto, Marina Soares Marques, Larissa Zambuzi Campos, Erica Endo Amemiya, Fernanda Buchidid Bertolini, Thais Tieme Saito, André Ikeda, Iuri Martins D Souza, Maria Célia Ciaccia, Vera Esteves V Rullo

Resumo


Muitos professores desconhecem o impacto da má postura dos alunos em sala de aula em sua saúde. Objetivo: avaliar a percepção dos professores quanto às condições ergonômicas do mobiliário e sua influência no aprendizado em sala de aula. Método: Questionários distribuídos para os profissionais de educação de uma escola municipal de Santos. Resultados: Participaram 27 professores e 1 diretora. Segundo os professores o desconforto prejudica o aprendizado devido a incompatibilidade das dimensões do mobiliário escolar com a antropometria dos alunos. Apesar disso, a maioria classificou o mobiliário escolar como bom ou razoável no geral. Conclusão: Os respondentes estão conscientes da importância da adoção de posturas saudáveis em sala de aula para o sucesso do processo de aprendizagem dos estudantes, porém citaram o mobiliário escolar como principal fator de desconforto.

Palavras-chave


ergonomia; estudante; postura

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 30 de novembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.