A ESPIONAGEM CONSOLIDADA NA DÉCADA DE 60: CIA x KGB

Bruna Cardoso Silva, Eduardo Lucas de Vasconcelos Cruz

Resumo


A prática de espionagem ocorre há muito tempo no âmbito do cenário internacional, porém, somente após a Segunda Guerra Mundial, as atividades realizadas pelos serviços de inteligência passaram a ser consideradas indispensáveis, tanto no território interno, como principalmente, nos territórios estrangeiros. Tendo em vista a importância dessa prática no período da Guerra Fria, mais especificamente a década de 1960, o presente trabalho tem como principal objetivo analisar o cenário internacional da época, durante o conflito causado entre Estados Unidos e União Soviética. A análise foi realizada a partir das ações tomadas pelas respectivas agências de espionagem de cada país, sendo essas, CIA, pertencendo aos EUA, e KGB à antiga União Soviética. A pesquisa é de natureza aplicada e abordagem qualitativa. Todo o estudo foi conduzido de maneira exploratória com o intuito de proporcionar familiaridade com o tema.

Para a elaboração do trabalho foram utilizados como procedimentos técnicos e

metodológicos: pesquisa bibliográfica e pesquisa documental. As pesquisas foram

realizadas através de livros de memórias de ex-agentes dos serviços secretos, livros

sobre a história da espionagem e período da Guerra Fria, e sites específicos que

descrevem a história das grandes Guerras Mundiais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista UNILUS Ensino e Pesquisa - RUEP

ISSN (impresso): 1807-8850
ISSN (eletrônico): 2318-2083

Periodicidade: Trimestral

Primeiro trimestre, jan./mar., limite para publicar a edição - 31 de maio
Segundo trimestre, abr./jun., limite para publicar a edição - 31 de agosto
Terceiro trimestre, jul./set., limite para publicar a edição - 30 de novembro
Quarto trimestre, out./dez., limite para publicar a edição - 31 de março

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

 

Indexadores

 

Estatística de Acesso à RUEP

Monitorado desde 22 de novembro de 2016.